segunda-feira, 28 de setembro de 2009

MODA E TURISMO

Criações do estilista maranhense Chico Coimbra
Foto: Rivanio Santo



A capital do Maranhão sempre teve vocação para o turismo e, nos últimos anos, o turismo de eventos tem sido a grande razão de termos cada vez mais turistas circulando e termos a capacidade dos hotéis, grande parte do tempo, acima dos 50% de ocupação. A situação é tão verdade que o número de hotéis só tem crescido ano após ano e já dispomos de um ótimo Centro de Convenções, que pode até não ser dos maiores do país, mas ele tem sido um excelente equipamento para expansão deste segmento da atividade turística no Estado.

Dantes os eventos que ocorriam por cá eram feitos de maneira mais tímida pela falta de profissionais qualificados e pela falta da própria tecnologia disponível nos dias atuais. Agora não! Temos tido eventos quase semanalmente e ele fazem a cidade se movimentar. Com o SLZ Fashion não foi diferente. Colocou a ilha na passarela literalmente!

Dias atrás, na verdade meses, até foi colocado aqui uma postagem sobre este evento que vem ocorrendo anualmente em São Luís. Postamos até uma entrevista com Rafaela Albuquerque, uma das idealizadoras e organizadoras do evento. Aliás, ela foi megagentil e educada, pois não é qualquer pessoa em destaque que se disponibiliza a dar entrevista a blogueiros em "início de carreira". Agora queremos fazer um comentário de turismólogos, com largas vivências de eventos de turismo por todo o Brasil.

Embora o SLZF ainda não tenha chegado nem a sua sexta edição, pode-se dizer que já está com jeito de "gente grande". Estamos felizes, convencidos e orgulhosos de termos constatado que em São Luís já temos eventos com cara das grandes metrópoles. Nós precisamos disso, ver e ter coisas bonitas. Precisamos mostrar que temos um lado sério, inovador, criador, ousado e glamoroso. Rafaela Albuquerque e Edilson Ferreira conseguiram isso. Em pouco tempo eles ransformaram o seu evento em sucesso de crítica e de público. Eles tratam com seriedade e profissionalismo, tal como deve ser.


Foi impressionante verificar a preocupação com os detalhes, com a organização, com a aparência que o ambiente deveria ter, com os parceiros escolhidos, com o respeito com o público, a dedicação e o emprenho em deixar o evento com a cara da cidade, em dar oportunidades a profissionais locais, sejam eles veteranos ou iniciantes no ramo, empresários ou artesãos.

Quem só ver de longe ou só chega para os flashes muitas vezes não tem a noção do quanto um evento como este gera de empregos diretos e indiretos. São floristas, decoradores, estivadores, marceneiros, pintores, empresários, lojistas, comerciários, eletricistas, estilistas, modelos, maquiadores, costureiras, artesãos, motoristas, cabeleireiros, taxistas, hoteleiros, agentes de viagens, recepcionistas... enfim, são tantos profissionais envolvidos que dar vontade de que ocorram pelo menos um a cada mês para que todos tenham sempre seus ganhos garantidos. São muitas famílias beneficiadas. Isso prova que tudo isso passa da barreira da frescura e da futilidade, como muitos metidos a intelectuais costumam classificar eventos do tipo. Este é a maior benfeitoria social do SLZF.

Destacaram-se, dentre-se os parceiros, o pessoal da TAM e da Taguatur Turismo e Eventos pois estão sempre oferecendo atendimentos de excelência, que vai do charme do ambiente a educação e elegância de seus funcionários. A Secretaria de Turismo do Município que fez um louge maravilhoso com nossos casarões, lampiões e nosso artesanato. Repetindo no SLZF o que já faz há uma década por todo o Brasil com projetos assinados pelo Turismólogo e Artista Plástico Enoque Silva, colaborador deste texto. Citamos apenas estes três por estarem diretamente ligados ao turismo de São Luís e pretendermos fazer um link entre turismo e moda.

No meio de todos os desfiles fica difícil de escolher o que melhor se apresentou. Mas, queremos destacar a participação do divertido e inovador Chico Coimbra. Gente, o que foi aquilo?! Não sabíamos se estavamos em São Luís ou em Paris (já estivemos lá). Chico apresentou uma coleção inspirada na culinária maranhense que foi tão gostosa de ver quanto é de comer um prato de arroz de cuxá e sobremesar doces de espécies com Guaraná Jesus. Uma verdadeira delícia! Roupas e produção para passarelas cobertas de bom gosto e criatividade. Destaca-se ainda a ganhadora do concurso de novos talentos realizado pelo SLZF em 2008, Perpétua. Ela passou uma temporada em New York, fazendo um curso de especialização como prêmio do concurso. E, de volta, apresentou uma coleção linda e delicada.

Como continuidade desta valorização do que é nosso e dar oportunidade para os que estão surgindo o evento, que leva o nome da cidade, repetiu o concurso dando como tema o nosso "Guaraná Jesus" e desta vez quem vai à New York é um estudante de Design da UFMA, Raphael Rios. Esta é uma prova do envolvimento com nossa cultura. Afinal, os modos de viver, de comer e de vestir fazem parte da cultura de um povo. E cultura é mutante, daí a liberdade dos profissionais em criarem com inspirações nesta ou naquela cultura, ainda mais em um mundo globalizado como atualmente. E aqui está o maior objetivo do SLZF que é buscar e definir a identitidade da moda maranhense.

E nosso casario no cenário?... Sem comentários... Muito bom mesmo. Parabéns Adelmar!

O sucesso do evento foi tamanho, a disputa por estar na plateia foi tão grande que os salões ficaram lotados nos três dias. Ficaram lotados de tal maneira que as cadeiras dos auditórios não foram suficientes e os atrasados ficavam em pé nas laterais das paredes e até sentados no chão. Mas, todos sem reclamar ou fazer caras feias. Isso pelo fato de que nos horários dos desfiles ninguém queria ficar circulando nos louges. Afinal, não são todos os dias que temos a chance de estarmos dentro de um dos eventos mais chiques do Norte/Nordeste. E colocamos isso com propriedade por presenciarmos isso tudo de pertinho, bem da frente, na primeira fileira, área reservadas aos convidados da TAM e da Taguatur Turismo e Eventos. Aproveitamos para agradecer a Ádria (TAM) e a Maria Luíza (Taguatur) pela delicada e pelo convite.

Que venham a quinta, a décima, a vigésima a quadragésima edição! Que os resultados sejam sempre muitos negócios e muito glamour. Que entre no calendário de turismo de eventos do Município, do Estado, da Região e do País, porque não? Desejamos que chegue a um patamar em que tudo ocorram antes ou depois do São Luís Fashion. Afinal, não queremos perder mais uma edição daqui pra frente.



Texto: Rivanio Santos (Turismólogo)
Colaboração: Enoque Silva (Turismólogo e Artista Plástico)

4 comentários:

Ócio, viagens e gastronomia disse...

Queridosssssssssss!!!

Que matérias legais!!!!
Parabéns mas uma vez.

Um beijo,

Beatrice

strawberryandpeach disse...

Oi,Rivânio!

Encontrei o seu blog através do da Rafaela. Fazer o turismo acontecer em São Luís não deve ser mesmo nada fácil. Mas com certeza existe beleza de sobra e muita história para contar. Parabéns pelo blog e já estou seguindo o mesmo.:)Se puder dê uma passadinha nos meus também.

Um abraço virtual!

Dona Reis disse...

Muito bom,querido!
Parabens!
cheiroooooooooooooo

Anônimo disse...

Estou publicando material sobre o titulo Moda, Turismo, Negocios e Midia no www.odtur.blogspot.com e achando seu material reeditei em meu blog, com todo o credito, merecido alias.
Grato
Otavio Demasi , consultor de turismo jornalista Mtb 32548
odtur@ig.com.br -sempre ao inteiro dispor